SETE INTEGRANTES DO MST QUE ESTAVAM PRESOS DESDE NOVEMBRO DE 2016 GANHAM LIBERDADE

Sete integrantes do MST que estavam presos desde o dia 04 de novembro de 2016, foram soltos nesta quarta-feira através de uma decisão judicial impetrada pela juíza da comarca de Quedas do Iguaçu/PR, Paula Menon Loureiro Pianaro Angelo. A decisão determina que os suspeitos respondam o processo em liberdade, cumprindo apenas medidas cautelares, como por exemplo, comparecimento mensal ao juízo. A decisão teve como base o excesso de prazo, pois os sete acusados estão presos a mais de seis meses e ainda não há data marcada para o início da fase de colheita de provas no processo. As prisões foram efetuadas durante a operação batizada de “Castra”, que traduzido do latim significa latifúndio e ocorreu em Quedas do Iguaçu, Francisco Beltrão e Laranjeiras do Sul, no Paraná; e também em São Paulo e em Mato Grosso do Sul, em novembro de 2016.

Por: Adilson Nogueira/Foto: RPC

error: Conteúdo protegido por direitos autorais